terça-feira, 3 de junho de 2008

ESCLARECIMENTO

Foi publicado no Blog do vereador Almerindo Filho no dia 25 de fevereiro de 2008 uma notícia afrimando que o vereador estaria "trabalhando em parceira com a comunidade" quando da luta pela permanência das 80 famílias na Rua nelson Duarte Brochado.

Como aqui na Vila São Judas Tadeu nós temos o costume de contar as coisas como elas são, vamos refrescar nossa memória. O primeiro passo sobre o projeto da PUC foi dado pela Vereadora Sofia Cavedon, depois procuramos a Comissão de Direitos Humanos presidida pelo Vereador Comasseto, mais adiante procuramos a Comissão de Habitação da Assembléia Legislativa, presidida pelo Deputado Raul Carrion. Procuramos, também, o Ministério das Cidades, através do Chico Vicente, encaminhamos ofícios a governadora, ao Ministério Público, a reitoria da PUC e até para Don Dadeus da Cúria Metropolitana, sempre acompanhados pelos Deputados Raul Carrion e Ronaldo Zulke, ambos da já citada comissão e pelas entidades representativas do movimento comunitário: UAMPA, FEGAM e CONAM. Estivemos com o Prefeito José Fogaça, acompanhados pelos deputados mais os Vereadores Guilherme Barbosa Maristela Maffei, além dos assessores dos vereadores Oliboni e Comassetto. Em nenhum destes momentos o Vereador Almerindo Fiho ou algum assessor seu esteve presente.

O acompanhamento que o vereador se refere em seu blog é específicamente sobre reportagem veículada no Correio do Povo e na rádio, portanto duas ações. Alías, por duas vezes procuramos a rede Record para divulgar a nossa situação e somente conseguimos porque um morador da vila é fiel da Igreja Universal e contatou o Vereador Almerindo (será que deveria ser assim?).

Quanto a atividade na Sede da Associação, foi de inteira responsabilidade da Igreja Universal que contatou com a Associação solicitando realizar os serviços citados. Como a Associação trabalha com TODAS as crenças, liberamos a Sede em respeito aos fiéis desta Igreja. Jamais nos foi dito que tal atividade seria do gabinete de determinado vereador.

Gostaríamos de salientar que a comunidade da Vila São Judas é extremamente organizada e credita a vitória que teve em relação ao projeto de expansão PUC a sua organização e mobilização. Todo o suporte que tivemos foi por procurar as comissões formadas por parlamentares que têm por objetivo primeiro defender os interesses do povo.

2 comentários:

jane brochado disse...

É de extrema importancia que todos os que estiverem dispostos a veicular informações sobre a São Judas saibam que estamos atentos e prontos para contarmos sempre a verdade.
Jane Brochado

Guilherme disse...

De novo os oportunistas, eles estão sempre atentos, ainda mais quando estamos em período eleitoral né?

Infelizmente,esses "parlamentares" só se aproximam das comunidades quando há interesses políticos por trás, como eleições por exemplo.

NUNCA vamos permitir que o nome da nossa comunidade seja usado por pessoas oportunistas!!!

É pecado, usar o santo nome da Vila em vão!!!!

Se querem realizar algum trabalho DIGNO, HONESTO, RESPEITOSO, que realmente ajude a melhorar a vida dos moradores da nossa vila, estamos sempre à disposição para colaborar.

Agora, se por algum momento a idéia não for essa,esqueçam o endereço da nossa vila!!!! OK?

Esse recadinho, não é só para o Exmo Sr. Vereador Almerindo, é para TODOS os oportunistas!!!

Quem sabe, em algum momento da vida, os vereadores(as), deputados(as), senadores(as), tanto da base como da oposição, possam se somar à luta popular e cobrar dos governos a assistência que realmente merecemos como por exemplo o asfalto comunitário, creches, postos de saúde, regularização fundiária, etc.

Em fim, melhores condições de vida e cidadania para todos(as) e não ficar esperando oportunidades para fazer qualquer espécie de demagogia!!!

Abraços,
Guilherme S. Júnior