quinta-feira, 30 de julho de 2009

DEFENDA A ORLA: Plenária de Mobilização da Região Leste

Que cidade você quer para viver?

uma cidade de concreto, regida pelo poder financeiro,
ou uma cidade que respeite o meio ambiente e com qualidade de vida?

Se você escolheu a cidade que respeita a natureza, você vai ter que lutar por ela!

Agora se você prefere o concreto, a poluição..... basta ficar parado(a).





Dia 23 de agosto, vote NÃO ao concreto!

3 comentários:

eduino disse...

PARABÉNS PELA CONCIÊNCIA UNIVERSAL !

* NÓS QUE MORAMOS NA CIDADE NÃO PODEMOS ACHAR QUE O NOSSO BAIRRO,VILA, REGIÃO ETC. É UMA "ILHA"
AS NOSSAS POSIÇÕES E NOSSA PRÁTICA NÓS IDETIFICA, A POLUIÇÃO, A INJUSTIÇA SOCIAL, AS EPIDEMIAS,A PAZ E A SOLIDARIEDADE NÃO TEM FRONTEIRAS,VOCÊ SABIA QUE A BOLSA DE VALÔRES DE TÓKIO NO JAPÃO, QUE FICA DO OUTRO LADO DO NOSSO PLANÊTA PODE INFLUÊNCIAR NO PRÊÇO DO FEIJÃO NO BRASIL ?

REFLEXÃO; --> QUANDO OBSERVAMOS AS LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS DE UMA PEQUENA VILA QUE FICA A VÁRIOS QUILO METROS DE DISTÂNCIA DA ORLA DO RIO GUAIBA PREOCUPANDO-SE COM AS POSSIVEIS CONSTRUÇÕES NA ORLA DO RIO E SEUS IMPACTOS NEGATIVOS PARA A POPULAÇAO DE TODA A CIDADE; FICA UMA PERGUNTA ?

O QUE HOUVE ?

POR QUE ESTAS LIDERANÇAS TEM ESTA PRÁTICA E UMA MAIORIA ESMAGADORA NÃO ?

PARABÉNS AMOVITA, PARABÉNS VILA SÃO JUDAS TADEU ! ! !

eduino de mattos.

Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho disse...

Mais uma vez a AMOVITA está dando exemplo.
Mais um BOM exemplo!
Enquanto cidadãos que serão afetados mais rápido e diretamente por esse absurdo projeto se omitem, a comunidade da São Judas mobiliza-se para esclarecer e atuar conscientemente nessa questão.

Parabéns comunidade da AMOVITA.

Cesar

Jane Brochado disse...

Bom dia amigos, vou responder ao Eduíno porque a São Judas se preocupa com os problemas da cidade.
É porque, caro amigo, a São Judas foi moldada pela luta em prol de seus direitos, nossos pais, nós e nossos filhos vivemos constantemente alertas para não sermos engolidos pelo monstro que temos como vizinho e que vira e mexe tenta nos abocanhar.Vivendo desta forma não temos como não nos preocupar com o que acontece com o todo, que de uma forma ou de outra irá fatalmente refletir em nossas vidas.
Jane Brochado